• Isabella Schmitt

Marketing de produto: o que é e como funciona essa estratégia

Atualizado: 19 de jul.


Imagine a seguinte situação: sua empresa está prestes a lançar um novo produto, mas mais do que vender esse produto, você quer que ele impacte e atraia o consumidor. Para que isso ocorra de modo eficaz você pode aplicar as estratégias do marketing de produto na hora de divulgar o seu produto. Dessa forma, tanto o produto quanto os clientes estarão alinhados para a conversão. O que é marketing de produto?

Antes de tudo, vale lembrar que o marketing possui diversos ramos, como:


  • Marketing digital;

  • Inbound marketing;

  • Marketing de conteúdo;

  • Marketing de redes sociais entre outros.

Dentro dessa variedade de marketings, encontramos o marketing de produto. Que engloba, justamente, a criação das estratégias de vendas. O marketing de produto é um conjunto de estratégias desenvolvidas com o objetivo de conectar os produtos as pessoas. Dessa forma, você vai pensar colocar em prática desde o momento da criação do produto até o seu lançamento, considerando, essas informações: público-alvo, posicionamento da marca, canais de divulgação, estratégias comerciais entre outros tópicos, para que o produto consiga atingir diretamente o público esperado.

Apenas esclarecendo:

Produto aqui se refere a tudo aquilo que você pode oferecer e que o cliente esteja disposto a pagar um determinado valor sobre o mesmo. Então pode ser o produto físico, digital ou até uma solução/funcionalidade. A denominação de produto aqui vale para qualquer segmento. Por isso o marketing de produto pode ser uma estratégia importante para o seu negócio.

A criação do plano de marketing de produto pode ser dividida em oito partes:

  1. Desenvolvimento do cliente;

  2. Definição de posicionamento;

  3. Divulgação interna do posicionamento e das mensagens;

  4. Criação do plano de lançamento;

  5. Criação de conteúdo para o lançamento;

  6. Preparação da equipe;

  7. Lançamento;

  8. Após tudo isso realizar a análise de dados.

Para pensar… Durante esse processo do pensar estratégico que o marketing de produto proporciona, alguns questionamentos como: → Estou cobrando corretamente? Minha precificação é atrativa, ao mesmo tempo que é rentável?

→ Minha estratégia de venda está alinhada com o público-alvo? Eu conheço quem é esse público?

→ O produto que estou oferecendo é relevante para o público ou apenas está atendendo uma necessidade particular?

→ Meu produto está realmente pronto para ser lançado? Podem acabar surgindo, o que pode ser uma boa oportunidade para repensar, de modo mais amplo, o seu negócio e as suas perspectivas. Esses questionamentos são importantes para que o seu negócio não se perca com o passar do tempo. Afinal, com rotinas cada vez mais sistematizadas, muitas vezes, esquecemos de fazer essa pausa avaliativa. 5 dicas para aplicar uma estratégia de marketing de produto no seu negócio À primeira vista, até parece difícil conseguir aplicar tudo isso no seu negócio, seja pela complexidade ou pela questão financeira. Mas é aí que você se precipita. Com pequenos processos, você já consegue ir aplicando um pouco dessa estratégia, enquanto ter um profissional que apenas pense nisso ainda não é viável. Por isso, separamos essas cinco dicas práticas para você aplicar no seu negócio. 1. Defina seu público: Antes de tudo, você precisa deixar bem claro para quem o seu produto se destina. Nessa etapa saber algumas características do seu público-alvo é importante e a partir delas você pode construir a persona que será impactada pelo produto. 2. destaque os diferenciais do seu produto: Pare e se pergunte: “o que torna meu produto tão importante?”. É importante destacar os diferenciais e pontos fortes do seu produto, para que assim, a função de convencer o cliente que este é o produto certo para ele seja ainda mais eficaz. 3. Procure pela estratégia que melhor se encaixa ao seu produto: Aqui que vale frisar: não existe uma receita pronta de marketing de produto. Cada produto vai exigir uma estratégia própria para que ele tenha sucesso na execução. Por isso é importante ter uma estratégia de comunicação bem definida. Aqui vamos citar três estratégias que você pode incorporar conforme o produto.

  • Redes sociais: as redes sociais já estão incorporadas no nosso dia a dia, e podem ser um recurso interessante para captar a atenção e estimular a curiosidade do público. Você pode ir divulgando informações sobre ele, como: alguns diferenciais e pontos fortes; compartilhar algumas imagens do processo de criação, estimular a curiosidade até o dia do lançamento. Aqui você pode brincar e interagir com o público de inúmeras formas.

  • Hot Sites: dependendo do produto que você está lançando vale a pena dar um destaque a mais para ele, nesse caso não apenas disponibilizando no seu site ou e-commerce. Esse recurso é usado mais em casos específicos, onde um produto merece um destaque e uma landing page. Deve ser usado com mais ponderação.

  • Eventos: no nosso antigo dia a dia comum, poderia ser criado um evento de lançamento deste produto. Esse recurso é usado de forma muito específica e mais por aquelas marcas com maior visibilidade, onde convidam influenciadores para conhecerem e falarem do produto em primeira mão. O que podemos sugerir aqui, é que você pode fazer algo nas redes sociais, seja uma live de lançamento, onde ocorra a apresentação do produto e o público possa interagir.

4. Preze por um bom atendimento: O contato de atendimento com o cliente é algo importante tanto no momento de pré-venda quanto no pós-venda. Em muitos casos, é esse atendimento que vai fazer o cliente comprar e retornar ao seu negócio, por isso é uma etapa muito importante e exige atenção. Busque estar alinhado com o time de atendimento, seja ele um pequeno grupo ou uma grande equipe. Dúvidas específicas, sobre o produto recém-lançado pode ser mais frequentes nesse período, por isso é importante estar sintonizado e alinhado com a equipe para isso. Além do contato direto com um atendente, você pode avaliar a possibilidade de integrar um recurso como o chatbot. Como o programa consegue interagir com o cliente a partir de um fluxo de conversa já pré-definidos. Essa pode ser uma ótima alternativa para otimizar os atendimentos e não sobrecarregar os atendentes com dúvidas mais simples. 5. Esteja conectado aos seus clientes: Ótimo, você conseguiu elaborar uma boa estratégia para o lançamento e venda do produto. Agora é o momento de ouvir o que os clientes têm a falar sobre ele, receber feedbacks é extremamente importante para que você continue a melhorar o produto. O contato com seu público deve ser constante e receptivo, tanto a elogios quanto para as críticas que podem surgir.

 

Por ser apenas uma vertente do marketing, o marketing de produto engloba inúmeras estratégias que podem ser melhor desenvolvidas por um profissional capacitado para isso. O que citamos nesta publicação, é apenas uma amostra que você pode ir pensando e aplicando, conforme pode, no seu negócio. A ideia principal é desmistificar a complexidade do tema que ainda não é tão falado por aqui, mas que pode contribuir para melhores resultados de vendas. Pense na possibilidade de destacar seus produtos, atingir os seus clientes de modo mais direto e com retorno de venda.

Posts recentes

Ver tudo