• Isabella Schmitt

Entenda de uma vez por todas o que é e como funciona a API de pagamento

Atualizado: 14 de out. de 2021


O que é uma API?


API é uma abreviação do termo em inglês Application Programming Interface, que no português seria Interface de Programação de Aplicativos. A API é uma solução que traz praticidade e otimização de processos recorrentes no seu negócio online. Com ela é possível programar ações de padronização de acesso, isso quer dizer que a API possibilita a comunicação entre plataformas do seu negócio de forma automatizada.


Essa programação de ações rotineiras facilita a rotina do seu negócio, reduz custos, além de diminuir a margem de erros quando instalada de forma correta.


Quando falamos de API de pagamento significa a programação de ações referentes a etapa de pagamento. Esse processo que antes era feito de forma manual, agora passa a ser programado e otimizado, sendo mais prático para você e seu negócio!


Como funciona?


Agora que já entendemos que API é programação e padronização de ações que diminuem erros, entender como ela funciona se torna menos complexo.


A API é uma série de códigos que agem na comunicação entre os sistemas. A integração desses códigos no seu negócio possibilita a automatização de processos, determinar funcionalidades específicas. O mais legal é que qualquer tipo de negócio que lide com o recebimento de valores pode fazer a integração com uma API de pagamentos.


Integrar a API de pagamentos geralmente é algo simples, sem grandes complicações, basta você contratar o serviço com uma empresa de gerenciamento de pagamentos online e eles irão liberar o acesso à biblioteca de programação para que a integração seja feita. Esse processo não necessariamente exige que seja feito por alguém com conhecimentos em programação, pois como em grande parte das vezes são processos simples a própria gerenciadora oferece uma equipe de suporte que te ajuda nesse processo.


Uma linguagem, inúmeros benefícios


Integrar uma API no seu negócio agrega inúmeros benefícios, além de otimizar e automatizar a gestão financeira do seu negócio, com ela você vai:


  • Direcionar o seu dinheiro com sabedoria: implementar uma API sai muito mais em conta do que investir dinheiro e tempo na criação da própria plataforma de pagamentos onde você precisaria investir em profissionais de TI, equipamentos, entre outros recursos que deixam a conta bem cara ainda mais para quem está começando.


Aderir à API faz com que você economize, além de proporcionar mais tempo para se dedicar a outras atividades dentro do seu negócio. Fazer o processo de integração da API pode ser bem mais fácil do que o imaginado. Muitas empresas quando você contrata o serviço já oferecem todo o suporte para até quem não possui muito conhecimento sobre a área consiga realizar a integração.


  • Reduza a frequência de erros: a interação humana pode — e é — o grande diferencial de muitos negócios, mas quando se trata de tarefas de cobrança pode ser sinônimo de alguns erros que podem ser evitados. Ter uma API para lidar com as cobranças e pagamentos reduz esses erros, além de proporcionar uma maior produtividade e economia.


  • Tenha tempo para o que demanda mais atenção: a integração da API no seu negócio proporciona que seu tempo seja dedicado para aquelas tarefas que mais exigem de você. Como a API de pagamentos gerencia e realiza as cobranças de forma automatizada, o tempo que antes era dedicado a este processo pode ser melhor aproveitado.


  • Mais opções de pagamento para o seu cliente: disponibilizar diversas formas de pagamento para o seu consumidor possibilita que ele decida qual a melhor forma para aquele seu momento. Pode parecer algo simples, mas isso contribui para que o cliente se sinta mais confortável com seu negócio e contribui para que os abandonos de carrinho diminuam. Além do cliente se sentir mais seguro com o processo de finalização e pagamento.


Outras vantagens que a API proporciona:

  • Checkout Transparente;

  • Segurança;

  • Análise de métricas;

  • Webhooks.

Isso tudo é possível porque com a integração, essas informações acabam sendo armazenadas no mesmo lugar, o que permite o acesso e o monitoramento de tudo o que envolve os pagamentos recebidos no seu negócio.


Okay vocês me convenceram o quanto a API é benéfica. Como sei qual é a melhor API de pagamento?

Agora que você já está por dentro sobre o que é, como funciona e as vantagens da API de pagamento, bate aquele dilema: como escolher a melhor API para o meu negócio?


E bem, a resposta pode ser bem simples, mas ao mesmo tempo também é difícil. Mas calma que vamos te explicar!


Para escolher a melhor API é preciso que você tenha em mente, e de modo bem claro, o que essa ferramenta deve contribuir para a experiência do seu cliente e o que ela vai representar de benefício para o seu negócio, seja e-commerce, marketplace ou outro.


Nesse processo de busca pela API ideal para o seu negócio, busque montar uma lista com tudo o que deseja disponibilizar para o seu cliente e as ferramentas que acredita que serão as mais eficazes para o seu negócio neste momento. Neste checklist pode ter, por exemplo:


→ Cobrança e pagamento recorrente; → Solicitação de 2º via do boleto; → variedade de meios de pagamento, como: cartão de crédito e débito, boleto bancário, transferências; → Opção de parcelar o pagamento; → controle do ticket médio; → Controle de Chargeback; → Antifraude;


Entre muitas outras opções, aqui é você que tem que avaliar o que é importante para você!

 

Você sabia que a Safe2Pay oferece uma documentação completa para que a integração da API seja o mais fácil e tranquila?


Isso mesmo, na Safe2Pay você faz a integração com praticidade, uma biblioteca de integração nas principais linguagens do mercado, além de contar com nosso suporte que te auxilia nesse processo no que você precisar!


Ficou interessado? Basta acessar nosso site Safe2Pay e acessar a aba de integração para conhecer mais. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente, através da nossa equipe de atendimento.

Posts recentes

Ver tudo