• Ecommece na Prática

10 Tendências do Ecommerce em 2022

Os números são claros: o e-commerce deixou de ser uma novidade e agora é uma tendência para o consumo de pessoas de todas as idades. Mas, com tantas tecnologias novas chegando e avanços na indústria, o próprio e-commerce vem passando por grandes transformações. E, não se assuste, pois isso é só o começo.


A fim de te ajudar a se planejar, nós, do Ecommerce na Prática, listamos 10 tendências do e-commerce em 2022. Algumas delas até já fazem parte do nosso dia a dia, mas certamente vão se fortalecer. Outras ainda estão engatinhando, mas já estão perto de se tornar uma realidade, por isso, já é bom ir se preparando.


 

1. Inteligência Artificial


Quando visitamos uma loja física, na maioria das vezes, um vendedor nos dá recomendações e nos ajuda a conhecer os produtos da loja. No entanto, no e-commerce, não é possível ter esse serviço, mas uma tecnologia que vem sendo desenvolvida e se torna mais inteligente a cada ano tem a capacidade de mudar esse cenário: a inteligência artificial (ou IA), que diz respeito a fazer a tecnologia entender o comportamento humano repetitivo.


A tendência é que cada vez mais as lojas online usem a inteligência artificial para oferecer aos consumidores uma experiência de compra mais personalizada, fazendo recomendações inteligentes de produtos.


Embora não haja nada de tão novo sobre o uso de IA no e-commerce, a tendência é que ela seja cada vez mais usada por comércios de todos os tamanhos… e fique mais inteligente!


2. Produtos personalizáveis


Isso já era vivenciado em lojas de automóveis, mas a ideia está ganhando mais adeptos: lojas de e-commerce estão vendendo produtos que podem ser personalizados pelo próprio cliente.


As lojas online estão aproveitando o conteúdo interativo para ter uma visão mais aprofundada das necessidades do consumidor e, com isso, permitir que os clientes montem produtos do jeitinho que desejam. Assim, os produtos personalizados são então entregues para satisfazer a demanda específica dessa pessoa.


3. Pesquisa por voz


O uso de assistentes de voz como 'Okay Google', Alexa, da Amazon, e Siri, da Apple, estão ganhando força em um ritmo cada vez maior. As pessoas que compram esses assistentes de voz os usam para tudo - desde verificar as notícias até tocar músicas e comprar produtos online.


A tendência é que cada vez mais usuários comprem essa tecnologia e se acostumem a comprar produtos por meio dela. Isso porque ser capaz de encomendar produtos usando a voz proporcionará aos consumidores uma experiência de compra sem as mãos e sem esforço que certamente será apreciada por eles.


4. Chatbots


Os chatbots já são tendência na indústria de e-commerce há anos e continuarão a ser por conta do nível de personalização que oferecem.


Funciona assim: sempre que um cliente visita sua loja, um chatbot oferece ajuda. Isso faz com que os clientes se sintam mais confortáveis na loja, pois podem facilmente pedir ajuda.


Por conta de toda essa utilidade, a tendência é que além das respostas automatizadas, os chatbots evoluam de várias maneiras e contribuam para fornecer uma experiência de alto nível aos clientes.


5. Realidade Aumentada e Virtual


Comprar online tem muitas vantagens: você pode navegar pelas variações de um produto, comparar seus preços e características, ler as avaliações dos clientes e, em seguida, tomar uma decisão mais acertada, tudo no conforto da sua casa.


No entanto, uma pequena desvantagem das compras online é que sempre há uma lacuna entre o produto visto pelo consumidor e como ele realmente é. Nesse sentido, a realidade virtual e a realidade aumentada podem preencher essa lacuna.


Isso porque a realidade virtual oferece uma visão de 360 ​​graus de um lugar, enquanto a realidade aumentada ajuda a colocar gráficos computadorizados em objetos da vida real para que o cliente possa ver uma imagem clara do produto.


6. As compras pelo celular ainda estão em alta


O m-commerce oferece uma vantagem indiscutível: a capacidade de fazer compras em qualquer lugar.


Por isso, as empresas de e-commerce estão fazendo o possível para melhorar a experiência do cliente ao comprar em sua loja enquanto usa dispositivos móveis.


Uma das tendências atuais é que muitos comerciantes de e-commerce estão adaptando os sites para PWAs.


O Progressive Web Application é um site que atua como um aplicativo móvel nativo. As funções, aparência e estrutura de um PWA são iguais às de um aplicativo normal, eliminando assim a necessidade de criar um aplicativo para sua loja.


7. Relevância de aspectos sociais e ambientais


Você já ouviu falar sobre ESG (governança ambiental, social e corporativa)? Esse é um termo que será mais e mais debatido ao longo dos anos, pois diz respeito à consciência coletiva em relação aos fatores sociais e ambientais.


Diante desse cenário, empresas ao redor do mundo estão adotando medidas ecológicas e de sustentabilidade em suas operações comerciais, seja apoiando uma instituição de apoio ao meio ambiente ou usando matérias-primas sustentáveis ​​em sua fabricação, embalagem, processo logístico e operação.


8. Entrega por drones


A entrega por drones ainda está engatinhando, mas já é vista como um método de entrega viável, especialmente para entregas pequenas e locais.


Alguns gigantes da indústria como Amazon, Uber Eats, Fed Ex, Alibaba, etc. já estão na vanguarda da tecnologia de drones e já a estão usando em algumas regiões do mundo.


9. Compras pelas redes sociais


De acordo com a pesquisa Social Commerce, realizada pela All iN | Social Miner, cerca de 76% dos usuários brasileiros usam as redes sociais para tomar suas decisões de compra.


Por isso, o social commerce também é uma das tendências do e-commerce em 2022. Liderando essa tendência estão plataformas como o Instagram, Facebook e a grande nova rede do momento: o Tiktok.


10. Lifelong Learning


O termo “lifelong learning” diz respeito ao aprendizado constante ao longo da vida, indicando que nunca é cedo ou tarde demais para aprender.

Esse é um conceito importante para qualquer pessoa que viva no mundo atual, uma vez que acreditar que já sabe de tudo e que não precisa conhecer mais nada é a fórmula mais rápida para o fracasso - seja da sua carreira ou da sua empresa.


Para te ajudar a se manter sempre atualizado a respeito do mercado de e-commerce e estratégias de negócio, o Ecommerce na Prática desenvolveu uma plataforma de educação continuada chamada EnP Prime - apelidada carinhosamente de Netflix do Ecommerce.


No EnP Prime, você tem acesso a novos conteúdos semanais sobre diversas temáticas, como marketing, logística, gestão, finanças e muito mais, além de cursos completos.


Conheça o EnP Prime agora


*Este artigo foi escrito pela equipe do Ecommerce na Prática, a maior escola de Ecommerce do país



Posts recentes

Ver tudo